domingo, março 26, 2006

Auto-análise

Eu tenho costume de analisar os outros. De julgar, condenar, colocar palavras na boca das pessoas, principalmente quando elas não falam. Também me analiso com frequência. E sempre pendo pro lado negativo da coisa. E o mais engraçado é que se auto-analisar negativamente é algo positivo. Claro, porque se achar boa, correta ou com razão é sempre tão mais fácil do que assumir que você é egoísta, que você errou, que deve desculpas, ai meu caro... é aí que ou a gente sai andando e dá as costas pra quem continua falando, ou fica em silêncio, pensando: Eu sei que estou certa! (a minha verdade é a absoluta)

Eu sou um pouco de tudo isso, tirando a parte de dar as costas. No caso eu sou a que sempre fala. Talvez a menina da verdade absoluta. Aquela que erra e acerta, mas nunca fica em silêncio.

Hoje, me sinto egoísta. Essa é a verdade absoluta do dia.
Sentir e achar está distante de ser, mas é um passo. E eu não gosto de dar passos errados. E muito menos que alguém caminhe e eu não possa acompanhar. Isso é o que mais incomoda.

2 Comments:

Anonymous Marilia said...

pois é.

03:56  
Anonymous nayara cristina said...

ai!
mas, calma. a verdade absoluta é flexível, por mais contraditório que isso seja.

16:15  

Postar um comentário

<< Home